Elaboração de projetos culturais, palestras, oficinas, curso, animação de aniversários infantis.

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

NOTA DA CIA. CIRANDUIÍS DE JANDUÍS, RIO GRANDE DO NORTE

Companheiros e companheiras,

A difícil luta de conseguir sobreviver com grupos culturais no interior é cada vez mais complicada. Pra participar de editais, contratos e possíveis convênios com o Governo é preciso ser Pessoa Jurídica, pra pelo amortizar os descontos de impostos.

A Cia. Ciranduís tomou uma multa de R$ 900,00 pela Receita Federal. Segundo informações do Governo foi em virtude de uma atualização na Lei, que não sabíamos. Estamos nós correndo pra nos manter em dia com o Governo.

Imagina, tirar R$ 900,00 de uma entidade que não tem receita e as atividades são apenas de manutenção das tradições. São fatos lamentáveis, porém resistíveis. Há tempo estamos de pé pela capacidade de união e aglutinação de forças.


Ganhamos dois prêmios do Estado do Rio Grande do Norte no valor de R$ 16.000,00 em 2009 e nunca vimos à cor dessa grana. Não temos se quer respostas de quando poderemos um dia receber.

Pra coroar 2011, aguardávamos ansiosos uma posição sobre o pagamento do Prêmio Areté – Apoio a Pequenos Eventos Culturais em Rede, quando recebemos a informação de seu cancelamento pelo Ministério da Cultura.

É cada vez mais visível o grau de incompetência pelas pessoas que são colocadas pra nos representar nos departamentos fechados da cultura nesse país. Quando vamos ter acesso a tais recursos do Governo? Vamos continuar sonhando com uma política de cultura de vergonha.

São notados todos os avanços em relação a realizações da cultura brasileira. Mas, é vergonhosa a forma como é tratado à cultura popular e os grupos que estão no interior. É mais importante pro Governo pagar prêmios a quem está na mídia, ou destinar R$ 1,5 milhões para criação de um blog.

É lamentável, mas, não vamos desistir. Em 2012 vamos completar 19 anos de luta e ela não acabará.

Lindemberg Bezerra
Coordenador da Cia. Cultural Ciranduís
84 – 9975 1320
Janduís/RN.

sábado, 24 de dezembro de 2011

Feliz Natal e Próspero Ano Novo

Aos amigos, companheiros de luta, familiares e apoiadores,

O ano que se finda foi um dos mais difíceis de minha vida, ao mesmo tempo de realizações e resistência cultural. Percas familiar na morte e na amizade, perca de amizades importantes e atravessei dificuldades financeiras jamais enfrentadas. Venci.

Um ano onde não consegui repetir o feito de 2010, por passar por complicações de saúde e haver uma queda de produção financeira nos setores onde estava atuando. Tudo passou e o melhor foi aprender cada vez mais a resistir.

Ao mesmo tempo, aprendi com meus erros, minhas inquietações e soube aceitar as dificuldades com humildade. E todas as barreiras só forma quebradas por força das amizades e das pessoas especiais que encontramos em nosso trajeto de vida.

Há cinco anos não passava um Natal em Janduís, com meus filhos, minha família, meus amigos. Esse ano vou poder estar perto de quem mais amo e comemorar o novo, a chegada da esperança e a busca da alegria constante.

É inspirado no Menino Deus, no sentimento de renovação e de prosperidade que desejo um Feliz Natal e um Ano Novo cheio de bênçãos, paz e realizações.

“Juntos seremos milhões, sozinhos seremos UM”.

Festa do Arte e Riso

Estive na festa dos 10 anos da Cia. Arte e Riso de Umarizal/RN. O grupo aniversaria dia 24 de dezembro, mas a celebração aconteceu na sexta, 23, na Rua Pedro Amorin, nas mediações da residência de Joelson Souto.

Uma noite simbólica e divertida. Na programação vimos palhaços em cena, Los Patos Mojados da Argentina, o espetáculo “Mamãe, Quero Ser”, poesia e uma confraternização digna da atuação do grupo.

Em algumas de suas homenagens em fotografias foram focado as figuras que foram importantes no processo de construção coletiva do Arte e Riso, assim, como uma alusão a todos que estiveram e estão na luta nesses 10 anos. Parabéns e muita luz.

Valorização financeira de trabalhos culturais

A partir das novas discussões sobre o Sistema Nacional de Cultura em Janduís e região, a criação do Conselho de Cultura, Fundo de Cultura, Secretaria ou Fundação própria, Plano Municipal e órgãos colegiados, uma nova discussão é levantada pelos artistas.

Após os debates de estratégias para criação do Plano de Cultura em Janduís, temos conversado com muitos artistas e é colocada uma coisa que não havíamos atinado: não temos um teto de valores sobre nosso trabalho. Vamos sempre no “qualquer coisa dar certo”.

Para nós se continuarmos desorganizados nesse sentido, vamos dar margem pra que outras organizações façam trabalhos diferentes e cobrem mais. Tudo isso, levando em consideração o grau de parceria entre grupos e artistas em cada setor.

A idéia de sempre dizer que nosso trabalho custa entre R$ 100,00 ou R$ 200,00 não passa pelas questões de sobrevivência e sim de estar presente. A discussão agora é de como viver do que fazemos. Fácil, simples e exige cumplicidade.

Não podemos mais transformar nossas ações e atitudes em fatos politiqueiros. Já fizemos isso e vimos que nos dividiu e não funciona mesmo. Com isso, é sempre bom ter sensibilidade nas discussões e não ser tornar bairristas.

É claro que não vendemos marcas que a mídia diz ser boa. Nossos produtos não estão nas prateleiras, eles acontecem porque acreditamos em nosso próprio esforço e buscamos a qualidade. Agora pensar em mercado é pensar no que podemos oferecer também.

A vida de Patati – Patata pro Natal das Crianças em Janduís causou estranheza a artistas locais pela apresentação exibida e pelo valor cobrado. Pro outro lado, cabe a nós artistas repensar se seremos uma marca de mercado ou continuaremos com nossas práticas estabelecidas por um teto financeiro.

 É um ponto de exemplo que não dar pra discriminar os artistas de fora. É como se eu saísse de Janduís oferecendo algo pra cidade e não funcionasse. Claro que não temos a mesma formação, mesmo grau de humildade, nem associamos o grau de estrelismo.

O Poder Público é uma das possibilidades de investimentos e apoio cultural, apesar de ser o responsável pela sustentação das políticas públicas dos cidadãos. Artista e grupo algum devem viver em função de nenhuma gestão, se não amparado por leis de incentivos.

Participação em conferências de cultura

Conferência de Cultura de Messias Targino
Cidades do Oeste Potiguar estão encerrando 2011 realizando suas conferências de cultura. Esse é um passo muito importante para classe artística e os produtores, uma vez que se discute sobre as futuras atuações dos Gestores para com a causa.


Nossa contribuição tem sido incisiva no debate cultural. Buscamos aprender, compreender o processo e assim contribuir com formulação das políticas públicas em cidades onde temos chegado com mais afinco e atuação.

Estive terça-feira, 20, na I Conferência de Cultura em Messias Targino e na quarta-feira, 21, foi à vez de fazer tal ação em Janduís. As duas cidades adotaram o tema “Estratégias e Ações Para o Plano Municipal de Cultura”, uma vez que as cidades aderiram ao Sistema Nacional de Cultura.

Conferência de Cultura de Janduís
O debate continuará em Alexandria, terça-feira, 27 e em Campo Grande, dia 10 de janeiro de 2012. Para nós, é importante escrever um capítulo de nossa história contribuindo para o crescimento cultural de cidades de nossa região.

Um Sonho de Natal em Caraúbas

Show Infantil no palco central


Espirro, Minhoca e Mungango

Espeto no meio da multidão

Willi Kesle de pernas de pau

Praça de eventos

no centro da galeera

Palhaço Mungango

Chegada de papao Noel num helicóptero

Descida de Papai Noel

Patos Mojados

Patos Mojados

Patos Mojados

Satisfação em produzir

Mesmo na ocupação do cargo de Diretor Presidente da FUNCULT em Janduís, não tenho me distanciado das atividades artísticas. Essa é uma das prerrogativas de fortalecimento e aperfeiçoamento pessoal e engajamento coletivo.

Continuar na luta faz parte do ofício já cumprido há 18 anos em Janduís e região. Estar como gestor significa que temos a oportunidade de discutir com mais conhecimento sobre a fomentação e formulação das políticas públicas pra cultura.

É de certa forma, prazeroso poder continuar cumprindo agenda e marcando o passo nessa ciranda que sempre gira em passos largos. Antes de ser gestor sou artista e depois de ser gestou também serei artista.

Presença dos argentinos em Janduís

César da Argentia e Marcio Show
Por pelo menos uma semana, vivenciamos dias de bom grado em Janduís e região com o grupo argentino Los Patos Mojados, vindos da cidade de Rosário.

Recebemos o grupo amigo na cidade e ficaram hospedados na Sede do PT, sob os cuidados e acompanhamento de Diego Tavares e Josivan Rhuann da Cia. Ciranduís. Pudemos conversar, trocar idéias e nos conhecer melhor.

Tivemos uma agenda simbólica em Patu, Messias Targino, Caraúbas, Campo Grande, Janduís e Umarizal, ultima cidade onde os Patos ficaram antes de irem embora pra Natal. Com certeza a turma parte deixando saudades.

Nossa menção de agradecimentos a Prefeitura de Janduís, através da Secretaria de Educação, Cultura e Desporto e FUNCULT; também a todos os amigos das cidades vizinha que nos receberam, aos grupos e artistas locais.

Festa de Santa Luzia em Permissão

A comunidade de Permissão, município de Janduís, realizou mais um ano de festa em alusão a sua Santa Luzia. As comemorações aconteceram de 09 a 18 de dezembro de 2011, com muita religiosidade e devoção.

Durante o período, estivemos com o espetáculo O Fuxiqueiro e levamos o grupo Los Patos Mojados da Argentina. Contribuímos da melhor forma possível, por se tratar de um momento importante pra comunidade de Permissão.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

10 anos com Libégena

Há exatos 10 anos, Deus me presenteava com uma jóia, que assim como a natureza é uma espécie de raridade nos entrelaços da humanidade. Era difícil acreditar na possibilidade real de ser pai pela primeira vez. Foi estranha a idéia e ao mesmo tempo feliz em saber da dádiva.

Em 14 de dezembro de 2001, eu estava me preparando pra uma apresentação em companhia de todos os membros da Cia. Ciranduís. Logo soube do nascimento de Libégna, no Hospital de Janduís. Não sabia se ria, chorava, corria pra ver ou se não fazia nada.

Muitas dúvidas em minha cabeça. Será que nasceria bem, saudável, normal?! Foi aí que tomei uma atitude e fui visitar meu primeiro tesouro que viria a se juntar a Lindemberg Junior e João Emanuel posteriormente.

Se para ela o dia é de total especialidade, para mim é de imensa alegria em poder estar ao seu lado dando carinho, amor e passando os ensinamentos básicos da vida. Parabéns minha querida, saiba que tens um pai que te ama muito. Felicidades sepre.

Patos Mojados em Janduís

Aguardamos com alegria e ansiedade a chegada em Janduís, do grupo Los Patos Mojados de Rosário Central, Argentina. Os saltimbancos encontram-se em Natal e devem desembarcar por aqui, quinta-feira, 15, onde cumprirá agenda na Festa de Santa Luzia, comunidade de Permissão.

O grupo esteve com a gente em 2008 e volta a Janduís pelo sentimento de amizade, lealdade e pelo sentido maior do compromisso com a arte pública de rua. O público de Janduís vai poder ver o espetáculo dos hermanos quarta, 21, às 19h, em frente à Casa de Cultura.

Explanação na Câmara

A equipe da Funcult participou da última Sessão de 2011, na Câmara Municipal de Janduís, segunda-feira, 12, às 09, para fazer uma pequena explanação sobre o funcionamento da entidade e a adesão do município de Janduís ao Sistema Nacional de Cultura.

Tivemos uma boa recepção por todos os vereadores e agradecemos a confiança e menção da vereadora Lígia Félix, Fábio Dantas, Paulinho de Vitor, Braga, Jacinto Fernandes, Adeilson Alves, Rênio Gurgel, Raimundo Canuto e Jozenildo Morais.

Os vereadores demonstraram satisfação e externaram voto de confiança no trabalho da equipe a frente da Funcult no próximo ano. Resta-nos agradecer a todos.

César Silver

César Silver - A Mais Bela Voz 2008
O Concurso A Mais Bela Voz 2011, contou com a brilhante participação de César Silver, representante de Janduís que venceu a semifinal e foi pra final, domingo, 11, às 21h, na cidade de Mossoró.

Silver, se diz satisfeito com o apoio que recebeu dos janduienses e de toda atenção da Funcult, para realização de sua meta. A empolgação é das maiores e ele já fala em 2012. Parabéns, que seu espírito de artista faça com que você acredite sempre no que faz.

VI Evento Cultural Novartes

Quanta força, quanta alegria, quanto orgulho de ser artista e poder vivenciar momentos de garra junto aos grupos Tribo da Arte, Arte e Gina e artistas de Lucrécia/RN, que realizaram o VI Evento Cultural Novartes, sábado, 10, com programação durante o dia e a noite.

Estava cansado, sem disposição pra ir ao encontro. Mas, lembrei da força de vontade e da determinação de cada um daqueles meninos que fizeram o encontro acontecer e proporcionaram mais um reencontro caloroso.

Foi bom ver os artistas de Lucrécia em cena, a Cia. Transformação de Campo Grande com gente nova, a resistência da Cia. Ciranduís e Brincantes do Sertão de Janduís e a presença do Grupo Pilões Capoeira de Pilões.

A trupe de Umarizal fez falta. Sabemos das inúmeras impossibilidades de participação do Arte e Riso e do Culturarte. Mesmo assim, brincamos por eles. Observamos ainda, a busca de aperfeiçoamento da Cia. Arte e Ação de Messias Targino e insistência do jovem Iurian. Que bom ter ido ao VI Novartes.

Dia do palhaço

Falando ao mundo como é bom ser
 O que um palhaço poderia dizer no Dia do Palhaço – 10 de dezembro?!
Agir é muito mais que palavras. Viver o dia a dia do palhaço é agradecer cada minuto e cada segundo que passamos na dedicação da arte com mais alegria nesse mundo.

Me sinto feliz praticando e vivenciando a personagem do palhaço Espêto, através da Cia. Cultural Ciranduís, minha casa. Já se foram 15 anos levando alegria e diversão a crianças, adolescentes, adultos, idosos que atravessa geração.

Espêto e muu estimado Espirro
Não saberia o que dizer seu ficasse longe dos palcos, das ruas, dos becos, das escolas sem a presença do palhaço Espêto. E sabe o que diria no dia do palhaço?! Muito obrigado a todas as pessoas que fazem nossas ações acontecerem. Ser palhaço é um máximo do meu ser. Posso dizer que sou feliz enquanto homem, brincante, artista, pai, filho, cigano

Inauguração em Alexandria


A Convite do Secretário de Cultura de Alexandria, Silva Neto, estive na inauguração da Casa de Cultura daquela cidade, sexta, 9, onde aconteceu cortejo cultural a partir das 17h, ato solene em frente a Casa e após, uma extraordinária apresentação com o pianista Artur Moreira Lima.

Preparativos para Conferência de Janduís

Em Janduís, vamos vivenciar nossa I Conferência Municipal de Cultura, quarta, 21, entre 08h e 13h, na Casa de Cultura e aborda o tema “Estratégias e Ações para o Plano Municipal de Cultura”.

Com isso, estamos buscando construir uma linha de diálogo com todos os artistas, produtores, grupos e entidades, a fim de implantar políticas de Estado no âmbito do município, e assim proporcionar o avanço e consolidação das práticas locais.

Uma série de intenções estão sendo pensadas para que todas as classes sejam contempladas de forma sustentável e de valorização. Estamos na Funcult e queremos aproveitar a oportunidade pra fazer ações que fortaleçam o município e os atores culturais.

Cultura em Conferências

Muitos municípios potiguares estarão realizando suas conferências de cultura no máximo até dia 28 de dezembro de 2011. Tudo isso cumprindo um calendário estabelecido pelo Governo do Estado, visando tirar metas paras as conferências e a conferência estadual que será realizada em março de 2012, na cidade de Natal.

Pra alguns municípios a Conferência de Cultura e a adesão ao Sistema Nacional de Cultura é algo que não está nos interesses primórdios. Afinal, o setor cultural sempre foi o que menos se investiu e o que menos houve respeito. Nos últimos tempos podemos apontar avanços e dizer que ainda é pouco. É esperado que as Conferências alertem pra alguma coisa.

Encontro com Secretários

Participei de minha primeira reunião de secretários municipais, segunda, 05 de dezembro, às 16h, na Prefeitura de Janduís. Estive como presidente da Funcult para discutir assuntos de ordem administrativa e encaminhamentos para os próximos dias. Falando de cultura, estive a vontade e mostrando o desejo para produtividade na área.

domingo, 4 de dezembro de 2011

Recordações do XXI Escambo de Icapuí/CE - 2006

Parada num posto de combustível em Mossoró
Alojamento na Praia de Redonda
César, Zé Daniel, Joaquim, Caio e Neiliano (In memorian)
cortejo de palhaços
Cena de puro amor

Elenco do Fuxiqueiro em 2006

Fazendo a festa com Amir Haddad

Poeta Ray Lima

César, Amir e Yhe

Galera das oficinas

Ray Lima, Clementino e Amir Haddad

Apresentação de tarefas

Cinegrafista improvisado

Administração da FUNCULT

Visão holística
Desafio bom é aquele que aceitamos, uma vez que sabemos que podemos fazer algo de relevante significado para uma classe. Assumi a FUNCULT de Janduís, há pelo menos 15 dias e comigo Rogério Silva e Tiago Medeiros.

Todos os dias conversamos sobre os anseios das pessoas que não se sentiram bem por não terem sido cogitadas para tal função. Coisa muita natural e que não nos causa espanto. Em virtude disso, vamos buscar fazer o que acreditamos ser o melhor pra cidade. Conversamos muito mais sobre nossas ações.

Sem medo, sem ironia, conflitos sem aparência agregadora, buscamos um caminho que será permeado pela ética, democracia, equidade e zelo por cada figura que busca crescer enquanto cidadão da cultura ou de qualquer setor.

A sigla partidária não será em nenhuma das hipóteses critérios de avaliações ou de interrupções dos debates sobre nossa cultura. Queremos sim, trabalhar em prol do PC, Partido da Cultura. Precisamos estar juntos pela causa e não pelas sessões de desejos pessoais.

Espero podermos contribuir. Primeiro Diretor Presidente, primeira equipe sempre tem grandes desafios. E uma coisa que sempre sou acostumado a desbancar é o tal desafio. A beleza das coisas sempre estão presentes na forma que conduzimos nossas próprias ações.

Formação do PT e reunião do Pólo

A cidade de Campo Grande, sediou dois encontros importante do PT, sábado, 3, a partir das 09h,  na Escola Iêda Medeiros. Numa sala uma formação para jovens e na outra a reunião do Pólo Médio Oeste.

Um bate papo super avançado, observações e avaliações de acordo com a realidade de cada município presente. Muito bom o reencontro com alguns companheiros presentes, mesmo que o olha não seja mais o mesmo, a presença foi algo significativo.

Buscamos o melhor

Prof. Valdécio, eu e Amir Haddad - Icapuí/CE - 2006
Há pelo menos 18 anos que milito no campo da cultura e temos um legado na história de Janduís e região. Tudo por uma vontade de ver uma região fortalecida e com mais ações direcionadas ao campo da cultura.

Diante disso, há um propósito que formar na região um Fórum de discussões e debate acerca da cultura do Oeste. Para isso, será preciso envolver os setores do Governo e da sociedade civil. Uma articulação já desponta com vistas em 2012.

Uma das saídas para que o campo da arte e cultura se fortaleça pelas políticas públicas, é discutir com a militância seus anseios e intenções. Diante disso, juntar as peças e buscar uma consolidação da prática real das ações.

Em Janduís e algumas cidades que temos atuação, daremos o ponta-pé para o andamento de tais discussões com a realização da Conferência Municipal de Cultura. A partir daí, e de acordo com o grau de interesse de cada um, buscaremos nossa fortaleza....

VI Semana Cultural da Escola Daniel Gurgel

Mostra de oficina ministrada quarta, 29.11
A Escola Estadual Daniel Gurgel realizou mais uma edição de sua semana cultural, entre 28 de novembro e 02 de dezembro de 2011. E sua VI edição, a Escola abordou o tema Cultura de Paz entre escola e sociedade.

Na certeza, foi um evento escolar democrático que abriu portas para muitas ações condizentes com a cultura local e regional. Alunos, artistas que estudam na Escola, grupos da comunidade e cidade vizinha abrilhantaram a atividade.

Todos os professores, alunos envolvidos e o Diretor José Eimar Gurgel, estão de parabéns pela valorização da cultura na escola. Diante do crescimento do evento, é sempre importante ter um contato antecedente com os grupos envolvidos.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

I CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE CULTURA DE JANDUÍS SERÁ REALIZADA NO DIA 07

Conferência vai debater cultura, no próximo dia 7
Abordando o tema "Estratégias e Ações para o Plano Municipal de Cultura", a I Conferência Municipal de Cultura de Janduís será realizada no próximo dia 07 de dezembro, na Casa de Cultura Popular Vapor das artes e sede da Fundação Municipal de Cultura. O evento terá início às 08 horas da manhã, com o credenciamento dos participantes.

Vários eixos serão discutidos durante a conferência, entre eles: Produção Simbólica e Diversidade Cultura; Cultura, Cidade e Cidadania; Cultura e Desenvolvimento Sustentável; Cultura e Economia Criativa; e Gestão e Institucionalidade da Cultura. 

Após a formação do dispositivo de honra e a fala das autoridades, haverá a discussão das propostas e a formação de grupos, com exposição dos resultados no período vespertino.

Um diálogo sobre o Sistema Nacional de Cultura e a criação do Sistema Municipal de Cultura de Janduís será realizado, além da escolha dos delegados que vão participar da Conferência Regional de Cultura.

Fonte: www.janduisonline.blogspot.com

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Prestando Contas

O Ponto de Cultura Em Cena Ação corre contra o tempo pra finalizar sua prestação de contas da parcela referente ao ano de 2009, com recursos utilizados em 2010. A falta de habilidade sobre documentações atrasou o processo e agora precisa ser encaminhado a CONTROL do RN. Após a parcial prestação de contas, o Ponto receberá mais uma parcela de R$ 60.000,00 (Sessenta Mil Reais).

Audiência Pública

Ações na FUNCULT

Nos últimos dias tenho voltado minha atenção para Fundação Cultural de Janduís – FUNCULT. Junto com dois coordenadores, Rogério Silva e Thiago Medeiros, estamos trabalho no sentido de institucionalizar a entidade.

Entramos na função terça, 22 de novembro e fomos empossados, domingo, 27, às 19h, na Casa de Cultura em Janduís. Pouca gente, poucos artistas. O ato foi realizado fora da Casa de Cultura e não dentro de uma sala. Começamos da forma que pensamos.

O bom é que já sentimos que não somos unanimidade no gosto de alguns três ou quatros. Isso é bom. Cargo, estatus é algo cobiçado por muitas pessoas que se auto-avalia boa demais. A equipe foi convidada pra trabalhar e é o que vamos fazer.

Nossa intenção enquanto FUNCULT, é criar as políticas públicas necessárias para o desenvolvimento da cultura local, sem priorizar ou menosprezar qualquer artistas que busque integração e participação nas ações.

Estou muito tranqüilo e confiante que temos um bocado pela frente. Não é bicho de sete cabeças nem algo que assombre; É mesmo uma questão de trabalho. As demais questões filtramos e deixamos a solta.

sábado, 19 de novembro de 2011

32º Escambo e 9º Festival do Recife em fotos

Renan de Campo Grande - sonhos e sonhos

Nossa chega em Recife/PE

Elenco do Fuxiqueiro em Recife/PE

Zé da Bodega

Cortejo

Apreensão antes do espetáculo

Escambistas em animação

Abertura do Fuxiqueiro

O Fuxiqueiro

Joabe no zabumba

Tiquinho - Willi Kesle

José Carlos - Pretinha

Cena da conquista

Zé da Bodega enfurecido

Duelo

Maracatu cearense

adivinhe quem é esse???

estrada

dormitórios do Escambo

Aí não acredito

Arte e Riso de Umarizal/RN