Elaboração de projetos culturais, palestras, oficinas, curso, animação de aniversários infantis.

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Poesia! Poesia! Poesia!

No meio do caminho

No meio do caminho tinha uma pedra

Tinha uma pedra no meio do caminho
Tinha uma pedra
No meio do caminho tinha uma pedra.

Nunca me esquecerei desse acontecimento
Na vida de minhas retinas tão fatigadas.
Nunca me esquecerei que no meio do caminho
Tinha uma pedra
Tinha uma pedra no meio do caminho
No meio do caminho tinha uma pedra.

(Carlos Drummond de Andrade )

Janduís FC no Wikipédia

Informações passadas pelo presidente do Janduís Futebol Clube, Denys Derquian, dão conta que o time janduiense pode ser acessado pelo mundo inteiro não só pelo seu blog, mas por pesquisa através do Wikipédia. O site de pesquisa é de criação Norte Americana e em sua nova lista consta o Janduís Futebol Clube. Muito bom mesmo!

Cruzada Literária



O curso de Literatura, ministrado por Antonio Leal, com acompanhamento de Maíra Leal e Gil Leal, chega ao fim sexta-feira, 25, com a edição de um livro só com escritores de Janduís. No processo que durou 15 dias, trocamos idéias e construímos idéias; aprendemos um pouco sobre diagramação e vamos fazer 30 exemplares aqui mesmo em Janduís. AO todo serão publicados 100 livros de puro pensamento janduiense. Valeu seu Antonio Leal, muito obrigado pelo carinho e pela oportunidade. Que seu trabalho sirva de exemplo e estimulo para produção literária local.

Nossas relações

Janduís e outras cidades da região, em sua plenitude sua muito agitadas pelas línguas afiadas das diversas cabeças e formas de pensar de nosso povo. Com isso, nossas relações são bastante declináveis com aqueles que consideramos possibilidades. Nossos amigos não, esse escolhemos pra confiar e trocar idéias. Diante disso, vamos costurados nossos passos com políticos idealistas, capitalistas, gente de outros lugares, artistas populares e “pô-pulandos” e vamos descobrindo o quanto temos pessoas frágeis, ao mesmo tempo em que temos grandes guerreiros nas batalhas da humanidade, a moda lei da natureza.

Barreiras que se quebram

É comum a gente sempre encontrar duras barreiras que quebramos com idéias, serenidade e quando deixamos ser levados pela elucidação verídicas dos fatos diante do tempo. Há pelo menos 08 anos um caso familiar sempre me chamou atenção e me deixava de mãos atadas sem poder fazer nada por falta de matérias concretas. Intrigas, ameaças, intimidações, brigas familiares. De repente 2011, me coloca de frente ao problema que em breve será resolvido diante da justiça dos homens. Sei que a justiça de Deus é infalível e nos coloca com bastante força pra enfrentar a ferocidade natural da humanidade.

Minha filha fez uma cidade

Libégna Morais Bezerra, minha filha de 9 anos, fez uma cidade de papelão e recordes. Ela pegou uma caixa de manteiga recortou a aba, serviu como planta. Depois colou caixas de cremes dentais como os prédios, palitos de dentes com desenhos de pessoas fincados e rapidamente fez uma rua imaginária. Depois ela escreveu um texto sobre as coisas e pessoas das cidades. Fico feliz pela capacidade e pela superação.

Susto

O carro tipo Ford Fiest da cidade de Messias Targino, adquirido através do Selo Unicef Município Aprovado em sua última edição, bateu num jumento na manhã de quarta-feira, 22, quando se deslocava de Messias Targino a Fortaleza. Com a batida o carro pegou fogo e as quatro pessoas que estavam no carro conseguiram sair antes. O seguro removeu o carro do local e avalia se deu perca total.

A Paixão de Cristo em Campo Grande

O Coordenador de Cultura de Campo Grande, companheiro Osvaldo, está articulando artistas da cidade junto ao grupo Transformação para montagem da tradicional encenação da paixão de Cristo na cidade. O Pedro Myal, ex-coordenador de Cultura e membro do Transformação, me fez um convite para participação na edição 2011. Valeu Pedro, sua proposta é de quem pensa grande e tem a cultura como um bem da humanidade e aberta a outras possibilidades.

Democratização da cultura

Estive em Messias Targino, quarta-feira, 23, em audiência com a prefeita Shirley Targino e entreguei a gestora um projeto para possível montagem do espetáculo “A Paixão de Cristo” na cidade este ano. Segundo a prefeita, ela pretende estimular trabalhos culturais abrindo para participação de toda comunidade, de forma inclusiva e democrática. Após avaliar as possibilidades, Shirley terá uma posição até 10 de março.

Ferramenta de possibilidades

Caros leitores deste espaço,

O blog Cultura de Ferro foi crido por mim, como possibilidade de expressão e pensamento. As vezes coloco matérias que são fatos, algum noticiário local, fatos que acho importante e não. É uma questão de disponibilidade de tempo e estar bem pra produzir. Portanto, agradeço aos acessos e àqueles que encontram aqui a idéia e o pensamento livre. Vocês que deixaram depoimentos pedindo pra atualizar o blog com mais frequência, muito obrigado, mas, tudo acontece naturalmente.

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

O gosto da sala de aula

Quando sai da sala de aula, onde lecionei em Campo Grande até 2004, vivenciei alguns momentos temporários em algumas Escolas de Janduís e Patú, quando estava nos estágios do curso de Pedagogia. Retornei a Campo Grande, segunda-feira, 21, quando fui à Escola Ieda Medeiros substituir minha mãe. Foi um momento super agradável com a turma do primeiro ano. Confesso que já matei a saudade, quero passar uns meses olhando tudo de fora. São se faz mais crianças como antigamente (rsrsrsrsrsrsrsrs).

Chuvas fortes

Nos últimos dias aqui em Janduís têm caído umas chuvas com volumes menores que o mês de janeiro. Em compensação, os céus se apresentam com um verdadeiro espetáculo de raios e trovões. A gente por alguns minutos se assusta mesmo.

Ensaiando pra valer

Estivemos ensaiando o espetáculo “O Casaco de Urde Malas”, sexta-feira, 18, em Janduís na sede do PT e depois na Casa de Cultura. Foi o segundo ensaio, uma vez que passamos uma semana em Icapuí/CE, vivenciando o espetáculo. Estamos pegando pique e temos a intenção de estrear no mês de março com apresentações por Umarizal, Lucrécia e Janduís. Estamos agendados pra ensaiar nos dias 25, 26 e 27 de março nas cidades de Umarizal e Lucrécia.

Fotos de ensaios

Fotografias feitas nos ensaios do espetáculo "O Casaco de Urde Malas", sexta-feira, 18, em Janduís/RN.
Leituras na sede do PT

Ainda na sede do PT

Em frente a Casa de Cultura, com mestre Chico de Senhor na sanfona
Na Casa de Cultura
Fechando o ensaio à tarde

Contribuindo com Escambo

O amigo nato da cultura, Raimundinho Gurgel, está criando a arte do XXX Escambo de Janduís. Com Lázaro Roberto e Karlinhos Silva irão cuidar da digitalização e assim começar a divulgar em todos os recantos do RN e estados vizinho. Fatinha Oliveira está cuidando da percapta, numa proporção para alimentar 250 pessoas. Muita gente chega pra contribuir!

Marcando presença

Os vereadores Jozenildo Morais (PV) e Raimundo Canuto (PT), além do Vice-prefeito Zé Bezerra, compareceram a reunião do Escambo e contribuíram com a discussão de forma positiva. Osvaldo, atual Coordenador de Cultura de Campo Grande, esteve na reunião junto com Pedro Myal e a galera do Grupo Transformação. Estamos criando um laço de sintonia e entendimento com alguns setores locais e regionais.

Reuniões em Janduís

Fiquei surpreso ao ver tanto artista dos grupos articuladores do Escambo em Janduís participando da reunião de articulação, quinta-feira, 17, às 15h, na Câmara Municipal. Tivemos os três grupos de Janduís e mais sete de Umarizal, Lucrécia e Cervantes do Brasil. Quanto às participações na reunião de apresentação do Escambo, às 19h, não tive nenhuma surpresa. Foi uma reunião promissora e produtiva. O Escambo vive, predomina e é forte em nossa gente!

Cumprindo agendas do Escambo

Para nós que fazemos o Movimento Escambo, pouco importa se uma ou outra agenda planejada deu certo. Realizamos nossas atividades quando da certo e pela disponibilidade de quem faz. Tem sido assim durante quase 20 anos. Diante disso, conseguimos, até aqui, realizar tudo o que combinamos pro Escambo dos 20 anos em Janduís. Isso é bom!

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Comentário de Beninha/Iracema-CE

É com alegria que leio neste blog o comentário de Beninha da cidade de Iracema/CE. Ela faz contato acreditando que não lembramos dela. Com certeza lembro Beninha e lembro de muita gente do grupo Esperança Viva e do maravilhoso Escambo de 1997, na cidade de Iracema/CE.

É muito bom manter o diálogo com pessoas importantes para arte de Iracema, do Ceará e do Movimento Escambo. Meu e-mail e MSN é bergteatro@hotmail.com. Abraços!

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Morre atriz do grupo “O Pessoal do Tarará”

É com tristeza e pesar que noticiamos o falecimento da atriz Ludmila Albuquerque, ocorrido terça-feira, 15, em sua residência, Bairro Boa Vista, em Mossoró. Ludmila era integrante do Grupo “O Pessoal do Tarará” e pôs fim a sua própria vida, se enforcando com uma corda.

Segundo informações, a atriz vinha depressiva com problemas pessoais afetivos e não se conteve. Ludmila foi casada com o ator do mesmo grupo Dionísio do Apodi e participou de grandes momentos do grupo com os demas.

É uma notícia triste para o Rio Grande do Norte e para o grupo “O Pessoal do Tarará”. Seu sepultamente acontece nesta quarta-feira, 16 de fevereiro.

Segue votos de pesar a família e todo grupo “O Pessoal do Tarará
”.

Dificuldades em saúde familiar

Nos últimos dias venho acompanhando alguns casos problemáticos em saúde em torno da família. Duas avós doentes, ambas com mais de 75 anos e com o velho problema da idade sempre querendo refugar os hospitais.

Um outro agravante, foi o acidente automobilístico que aconteceu domingo (13) na BR 226, envolvendo dois jovens, onde um é um primo atendendo por Leonardo Regis (Bandeirante). O mesmo encontra-se no Hospital Tarcísio Maia em Mossoró.

Registro aqui o apoio da Secretaria de Saúde de Janduís, através do Secretário Neto Freitas, que vêm buscando soluções em todos os casos e acompanhando com seriedade, competência e doação. Elzinha, Fábio Dantas, Braga, tios, primos e amigos que estão em Mossoró atentos e contribuindo em casos específicas.

Realizando coisas

Mesmo sem trabalho no momento, continuo em Janduís cuidando da prestação de contas do Ponto de Cultura Em Cena Ação, cuidando da Casa de Cultura até que um novo agente seja nomeado e fazendo algumas articulações.

Estou acompanhando o processo de renovação de membros da Ciranduís, uma vez, que alguns já encontram outras atividades de sobrevivência e outros chegam em busca de oportunidade. Uma outra atividade é a articulação do Bloco Ktu-k-tu para o carnaval 2011.

Por enquanto aguardo alguns contatos para ministrar oficinas em programas do Governo Federal em algumas cidades e mantenho os laços de afinidades com Prefeituras da região. Continuo produzindo leitura no curso de Literatura com Antonio Leal. Tô de boa!

Momentos em Icapuí/CE

Primeiros contatos com o texto


Leituras coletivas na Casa de Junio Santos, em Barreiras


Ensaios de música

Equiepe reunida


Contemplando a praia de Barreiras, entes de voltar

Praia de Barreiras, vista da calçada da Casa de Junio.

O Casaco de Urde Malas

Estou participando da montagem do espetáculo “O Casaco de Urde Malas” juntamente com Diego Tavares da Ciranduís, Jardeu Amorim, Leo Alves, Joelson de Souto e Emanuel Coringa do Arte e Riso de Umarizal, com texto e facilitação de Junio Santos.

O texto em si já é uma diversão muito prazerosa, uma vez que volto a me dedicar parcialmente nas atividades de teatro. Estou sem exercer nenhum cargo e pretendo ficar assim pelo menos, por um longo período, a menos que seja coletivo.

Teremos uma agenda pelo país a partir de maio, logo após o Escambo dos 20 anos em Janduís. Estou feliz e contente com a mudança e a nova jornada que escolhi para caminhar esses dois anos pela frente.

Escambo de Guaramiranga

Após um bom período sem utilizar deste espaço, retomo falando do Escambo de Guaramiranga/CE, que aconteceu entre 28 e 30 de janeiro deste ano. Com informações já postadas no @bergbezerra e no blog http://www.ciranduis.blogspot.com/ venho falar do clima.

A cidade estava com temperaturas entre 15° e 20° durante o dia e a noite. O momento era de chuvas constantes, o que deu a vários escambistas virose e gripe, fenômeno natural para época do ano. Eu tive que ir pra injeção e nebulização. Pense!

Alguns momentos de Guaramiranga em fotos


expectativas dos escambistas com as apresentações

Grupos Parlendas de São Paulo/SP.


Roda de palhaços

Alojamento do Rio Grande do Norte



Discussões sobre o Escambo de Janduís