Elaboração de projetos culturais, palestras, oficinas, curso, animação de aniversários infantis.

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Lembranças de Janduís ontem

Passeio à Rua Santa Teresinha - em frente a Câmara Municipal

Foto com o ex-prefeito Zé Dantas

Hospital Maria Cristina Maia - Rua Santa Teresinha

Escola Estadual Vicente Gurgel

O sentido de ser

O sentido de ser...
Às vezes na valorização das coisas materiais, prazeres, ganância... Nunca o olho no coração pequeno do ser humano, nem nas facetas de cada ser bom, mal, perigoso, amoroso, meigo, chorão.

O sentido de ser...
Pela falta de vivência deixamos de ser a gente e passamos a ser agente sem causa. Por acreditar demais, por confiar de menos, pela inocência própria que nos causa desilusões, dores, melancolia.

O sentido de ser...
Pelas relações de poder, ordenamento de uma causa que não causa desdém, mas, a felicidade, a paixão e a dedicação. O amor próprio se perde pela avareza brotada pelas cegueiras naturais de quem não enxerga a luz do sol.

O sentido da vida....
Qual o sentido de viver? Matar, morrer, maltratar, mandar, pisar, machucar????
Qual, qual é o preço pra vida? Que sentido é viver... Viver? Viver?

(BERG BEZERRA)

A alegria do carnaval

Por mais um ano, foliões de Janduís marcaram o carnaval 2012. Os blocos Com C Veja, em seu terceiro ano e o Bloco Ktu-k-tu, em seu sexto ano, representaram o município com alegria e competência.

Visando a ampliação dos blocos da cidade, o Plano Municipal de Cultura contemplará tais seguimentos e incentivará a criação de mais agremiações. Tal apontamento foi descrito na Conferencia de Cultura como um dos pontos prioritários.

Conselho de Cultura

O Conselho Municipal de Cultura de Janduís, necessitará passar por alguns ajustes legais. De acordo com as normas do Sistema Nacional de Cultura, a ocupação de alguns assentos são desnecessários, assim como, o número de participantes.

Outro ponto a ser discutido será a paternidade do Conselho, uma vez que pertence a Secretaria de Educação, Cultura e Desporto e necessariamente migrará pra Fundação Cultural Mestre Dadá.

Publicação no Sistema Nacional de Cultura

O Diário Oficial de União – DOU, publicou em 15 de fevereiro de 2012, a inserção do município de Janduís no Sistema Nacional de Cultura. A cópia do acordo deverá estar em breve na Fundação Cultural Mestre Dadá e Câmara Municipal.

Com o acordo, o município precisará cumprir etapas do tipo: criação do Fundo de Cultura, Plano Municipal de Cultura, Sistema de Indicadores Culturais, Lei de Fomento, profissionalização de uma ou mais área de abrangência cultural e o Sistema Municipal de Cultura.

A criação do Conselho de Cultura, o desmembramento do órgão gestor que é a FUNCULT e a realização da Conferência Municipal já foram executados. O próximo passo é a criação do Fundo Municipal e do Plano Municipal, pro município ser contemplado com verbas direto do Ministério da Cultura ainda este ano.

Prestação de contas do Em Cena Ação

Aguardando no momento publicação sobre a prestação de contas da primeira parcela do Ponto de Cultura Em Cena Ação, executada entre janeiro e dezembro de 2010. A documentação já se encontra na Fundação José Augusto para análise.

A segunda parcela do Ponto de Cultura Em Cena Ação será no valor de R$ 60.000,00 e contemplará a aquisição de lona de circo, arquibancada, computadores, investimentos em eventos e capacitações culturais.

A execução do Ponto de Cultura é da Associação Amigos da Casa de Cultura em convênio com o Governo do Estado, Fundação José Augusto, Ministério da Cultura e Governo Federal.

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Um jovem na Direção do Aluízio Gurgel

Enock Douglas
O ex-integrante dos Amigos da Biblioteca, Grupo de Teatro Choro e Riso, grupos de jovens da igreja católica e ex-conselheiro tutelar, Enock Douglas, agora é o novo diretor da Escola Municipal Professor Aluízio Gurgel, em Janduís.

Cursando Pedagogia em Caraúbas, Enock, fez um discurso veemente e promissor em sua posse. Se orgulha de ter saído aluno do Aluízio Gurgel e agora voltar como Diretor. E em todas as suas palavras é visto o carinho como abraçou a causa.

Desejo sucesso e avanços naquela escola, uma vez que Enock carrega inteligência, dignidade e força de vontade. 

Prêmio do Ktu-k-tu

Macau 2011
Entramos o ano já com uma premiação cultural. Trata-se do Prêmio Carnaval Potiguar 2012, conquistado através de edital lançado pelo Governo do Estado, Secretaria de Cultura e Fundação José Augusto.

Embora esteja gestor, continuo artista e produtor cultural. Ano passado ganhamos o Prêmio RN Junino 2011 para festival de quadrilha e formação de grupo junino. Esse ano com R$ 2.000,00 vamos fazer a festa do tira ressaca.

Aniversário teatral

Primeiros contatos com o texto
Registro com muito orgulho nesse espaço de idéias, a chegada de um ano do espetáculo O Casaco de Urdemales em ação. A montagem começou em 05 de fevereiro de 2011, na Praia de Barreiras, em Icapuí/CE.

O convite para fazer alguns dos personagens na trama artística, feito por Junio Santos autor do texto e diretor do espetáculo, foi uma porta para uma outra dimensão do crescimento artístico pessoal, que tive.

Um ano de dificuldades, sem trabalho, com problemas de saúde, perca de minha avó paterna, Júlia Marques, foi possível superar com a arte e com a alegria gerada pelos companheiros que compartilhavam com minhas angústias.

A equipe formada por Diego Tavares, Jardeu Amorim, Vitor Jaraguá, Leo Alves e Junio Santos, comprovou as várias possibilidades de se fazer arte nesse país, ser feliz e crescer por si próprio.

Foram 23 apresentações do espetáculo desde Felipe Guerra (RN), Carnaúba dos Dantas (RN), Janduís (RN), Umarizal (RN), Recife (PE), Aracaju (SE), Belo Horizonte (MG), Barbacena (MG), Campinas (SP), Santos (SP), São Paulo (SP), Guarulhos (SP), Rio de Janeiro (RJ), Patrimônio da Penha (ES), Vitória (ES), Alto Santo (CE), Arneiroz (CE) e Parambu (CE).

Muita coisa boa vivida no espetáculo. Dificuldades pessoais, relações, tarefas, competências, limites. Mais ainda, juntos com companheiros de todo país acoplados ao Ray Lima e Fillipo Rodrigo.

Vídeo do VI Festival do Inhamuns

Mudança na coordenação da Ciranduís

Coordenação eleita em março de 2011
Fui eleito coordenador da Cia. Ciranduís pelo consenso entre meus pares, em eleição realizada no mês de março de 2011. Desde então, enfrentamos dificuldades e perdemos muito tempo esperando prêmios que viraram sonhos.

Com a história forte e resistente impetrada naturalmente por cada um de nós, ganhamos experiência e maturidade para uma vida toda pela frente. Sucessos incontrolados, desejos adiados, sonhos perdidos. Mas, uma história bem consumada.

Assumindo a presidência da Fundação Cultural Mestre Dadá – FUNCULT, foi preciso me afastar por um período, para ter dedicação aos trabalhos do município. Com isso, assumiu Josivan Rhuann, com a mesma gana e sede de transformação.