Elaboração de projetos culturais, palestras, oficinas, curso, animação de aniversários infantis.

quinta-feira, 12 de julho de 2012

Ação na Justiça



Rua Miguel Véras, antes da Casa de Cultura, apenas o Vaporzão
A professora Lourinalda Almeida Gurgel, atual Secretária Municipal de Governo de Janduís, entrou na justiça com pedido de devolução da Casa de Cultura ao município, uma vez que representa a família Gurgel, doadora do prédio.

O acordo feito com o Governo do Estado, ainda em 2006, era equipar e inaugurar a Casa no prazo de dois anos. Decorrido o tempo, o Governo apenas restaurou o prédio e colocou alguns birôs, cadeiras e por arquivos.

Diante disso, o Governo já nomeou um Agente de Cultura no período 2008/2010, ficando 2011, funcionando apenas com atividades do município, ligadas a projetos do Governo Federal. Ainda assim, sem ser inaugurada.

O pedido deu entrada na Promotoria de Justiça do município o qual irá apurar os fatos e ter uma posição sobre a Casa de Cultura de Janduís.

Ktu-k-tu Fest em Janduís


Workshop Sebrae em Janduís


O município de Janduís seriará o I Workshop de Agentes de Desenvolvimento, nesta sexta-feira, 13, a partir das 08h, na Casa da Música.

A atividade é uma realização do SEBRAE/RN, em parceria com a Prefeitura de Janduís/SEMTHAS e deverá receber municípios do Território da Cidadania Sertão do Apodi e outros municípios.

Confira Programação:

8h às 8h30:
Café de Abertura e Apresentação Cultural do Grupo Cultural Balai de Artes (Janduís) com o espetáculo Nordestino.

8h30 às 9h:
Abertura

9h às 10h:
Palestra da Prefeita Empreendedora Shirley Targino, sobre a importância da Lei Geral e do Prêmio Prefeito Empreendedor e sobre a experiência da cidade de Messias Targino

10h às 11h: Palestra do Prefeito Empreendedor Salomão Gurgel sobre a importância da LG das MPE e a experiência de Janduís nas Compras Governamentais .

11h às 11h30: Depoimento dos Agentes de Desenvolvimento Plínio Véras (Janduís) e Anderson Medeiros (Messias Targino) sobre a função e a importância do Agente de Desenvolvimento e a da Sala do Empreendedor

11h30 às 11h50: Depoimento da Agente de Desenvolvimento Rejane (Parelhas) (Rejane) sobre a Estrutura Organizacional para o Agente de Desenvolvimento no município

11h50 às 12h20:
Depoimento do Agente de Desenvolvimento (José Wilk) São Bento do Norte Erinaldo (Marcelino Vieira) sobre a Difusão de Informações entre os Agentes de Desenvolvimento pelas Mídias Sociais

12h20 às 12h40:
Depoimento de empresário local (Antônio Vieira de Morais – empresa Delícia do Sertão) sobre a importância da formalização como Empreendedor Individual

12h40 às 13h.:
Jingle do Empreendedor Individual – apresentação pelo músico e compositor Marcos Lima (Empreendedor Individual de Janduís)

13h:
Encerramento

14h às 15h:
Almoço na Secretaria Municipal de Trabalho, Habitação e Assistência Social

14h às 16h:
Visitas guiadas à Sala do Empreendedor de Janduís e ao Mercado Público.


V Festival de Quadrilha Mestre Dadá

Homenageados e Grupos Juninos da Noite do dia 30 de Junho de 2012, em Janduís/RN.

Comenda entregue a Marcos Lima, honagem ao Mestre Dadá

André Bandeira homenageado

Prefeito Salomão Gurgel e Albeerto Gomes

Arraiá Filhos de Santana - Campo Grande/RN

Arraiá Brincanduís - Janduís/RN

V Festival de Quadrilha Mestre Dadá

Grupos Juninos que apresentaram na noite do dia 29 de junho de 2012, em Janduís. Falha na máquina fotográfica, ficamos sem as imagnes do Arraiá Esplendor da Barriguda, de Alexandria/RN.

Arraiá Futuro do Brasil - Campo Grande/RN

Arraiá Estrela Dourada - Messias Targiono/RN

V Festival de Quadrilha Mestre Dadá

 Grupos juninos que fizeram apresentações em Janduís, na noite do dia 28 de junho de 2012.


Arraiá Jardinense - Jardim de Piranhas/RN.
Arraiá Raça Nordestina - Lucrécia/RN

Equiepe organizador a e capoeirista Pintado, o Inácio Garapa

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Fortalecimento cultural

Já são anos de discussões sobre a nossa cultura de cada dia. Em Janduís um cidade que é conhecida nacionalmente como a terra da cultura, depois de tanto tempo algo começa a se institucionalizar.

As novas propostas de políticas públicas da cultura, embora venham do Ministério da Cultura através da implantação do Sistema Nacional, Janduís já sonhava com economia da cultura criativa, fundo, conselho, fundação e outros.

Nos últimos tempos, nossos grupos resistem pelo tamanho da luta. Há uma falta de material humano, algo natural quando membros que apenas experimentam a arte e não a tem como meio de vida, partem.

Através dos mecanismos de institucionalização da cultura surge um novo momento em Janduís. Com isso, nossos grupos e artistas aos poucos terão novas possibilidades de produção, movimentação e qualidade de vida. Pra isso, é estar na luta.

Muita coisa, está nas mãos dos próprios grupos e artistas. Outras dependem da classe política que tem sido sensata e recíproca a nossa luta. Logo, teremos nosso próprio Sistema Municipal de Cultura.

Sobre o Festival Mestre Dadá...

Estou extremamente feliz pela realização do V Festival de Quadrilhas Mestre Dadá, entre os dias 28 e 30 de junho, em Janduís.


A presença da comunidade nas ruas todas as noites e a articulação das secretarias envolvidas, pessoas compromissadas com a cultura e principalmente com os grupos convidados, foi muito interessante.

Mesmo dizendo q nossa cidade passa por crise de ações não condizente com a conduta de nossa moral, as pessoas foram as ruas e se sentiram à vontade.

Em momento algum busquei nem busco fazer algo que não esteja afinada com a ação popular. E é assim que almejamos uma Janduís criativa, com participação cidadã e o primordial, com a dignidade de quem faz arte nesse município. Passos importantes estão em execução.