Elaboração de projetos culturais, palestras, oficinas, curso, animação de aniversários infantis.

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Expressão Cultural e Resistência


Já são quase 20 anos de militância cultural em Janduís, no Rio Grande do Norte e no País. Uma vida dedicada a uma causa, tendo que abdicar de tantas coisas que a grande maioria almeja: passar num concurso e ter estabilidade.


Em momento algum me arrependi do que fiz, faço e farei futuramente. Foi uma escolha pessoal, notada de razões coletivas; muitas pessoas importantes ao nosso lado contribuindo com as escolhas.

Me deparo com a sétima administração municipal em Janduís. E assim, nunca omiti qualquer serviço que tivesse a dispor de nossa comunidade. Apesar do lado político na militância com o PT, jamais me afastei ou deixei de fazer aquilo que mais sei.

Durante todo esse tempo, passei por afinidades com administrações sem perder o senso crítico e a autonomia nas decisões grupais. Fui contra a maioria, mas, nunca as ações deixaram de existir ou precisei me afastar da comunidade.


Sou artista, cidadão, eleitor. Tenho direito, dever e gosto de exercer da melhor forma possível. Tive oportunidade de assumir funções públicas e fiz aquilo que achei correto, obedecendo princípios políticos e administrativos. Antes mesmo de ser nomeado fiz uma consulta aos companheiros do Brasil. Tive boa aceitação.


Não comungo com a atual gestão de Janduís, nem nunca fiz parte dos quadros do partido que está no Executivo, o PSDB. Porém, não vou deixar de exercer meu papel na sociedade ou colaborar de forma alternativa.


Tenho certeza que farei o mesmo papel que desempenho há tanto tempo. Pra esse entendimento foi preciso passar por todos os estágios na política, na vida, culturalmente e compreender que somos os mesmo dentro ou fora de qualquer instância de Poder.



Basta apenas ter objetivo de vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário