Elaboração de projetos culturais, palestras, oficinas, curso, animação de aniversários infantis.

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

A Eterna Indústria da Seca

A falta de água no Nordeste brasileiro, obviamente, é causada por um fenômeno natural que é ausência de chuva, que causa insuficiência nos reservatórios.

É um problema antigo, capaz de ser resolvido por políticas pública sérias, que não veio, nem virão por nossos representantes políticos. Falo isso, porque todos os eleitos são os representantes da República e não depende unicamente de uma gestão unipartidária.

E aí, a seca sempre foi e será uma grande indústria de políticos sacanas que personalizam as obras públicas, dão nome aos equipamentos e ainda, no  período bem crítico, listam quem deve receber água, obedecendo o grau de fidelidade eleitoreira.

Estamos vivenciando um período crítico no Rio Grande do Norte, estado mais lascado politicamente do que, talvez, o Maranhão. E convivemos com angustia do povo sobre o abastecimento de água e a falta de cumplicidade moral de determinados governantes.


Em algumas cidades é comum um carro pipa passar enchendo baldes, bacias, latas e outros reservatórios. Assim como, é comum ver um equipamento que deveria servir as zonas mais afetadas abastecendo casas de compadres, correligionários, pessoas que só atendem requisitos politiqueiros. 

Enquanto isso, o povo todo assistindo e se lamentando. Sabendo tem o Poder de mudança, mas, insiste no Poder do imediatismo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário